See other templatesConheça a loja do crete!

Agenda de Eventos

Resultado de imagem para protesto igrejas evangélicas rj

"Na nossa igreja 80% dos membros já foram assaltados por criminosos com arma de fogo", declarou pastor.

 

Aproximadamente dez igrejas evangélicas de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, uniram centenas de pessoas em um protesto contra a violência da cidade, na manhã de sábado (27), em Copacabana, na Zona Sul do Rio. O grupo chegou a paralisar o trânsito na Avenida Atlântica, nos dois sentidos, na altura do Copacabana Palace.

 Os evangélicos pediam paz e exibiam faixas com frases clamando por ajuda, como “Salve-nos! Estamos sofrendo com a violência” e “Não aguentamos mais a violência”.

Pastor Cristiano Pesset, da igreja Batista Referencial de Vida de São João de Meriti, organizou o protesto, que teve como objetivo chamar a atenção da população e do governo do estado para o alto índice de roubo na Baixada e cobrar reforço no policiamento da região. “Na nossa igreja 80% dos membros já foram assaltados por criminosos com arma de fogo”.

Há três meses o carro de Pesset foi roubado em frente à igreja, e há dois meses o carro de sua esposa também foi levado. Ambos foram achados no Morro da Pedreira, na Zona Norte. “O problema da violência é generalizado, mas na Baixada não tem policiamento. Em São João de Meriti somos quase um milhão de moradores para cerca de 250 policiais e três viaturas sucateadas”, alertou o pastor.

 A população está desamparada. Anteriormente São João era considerada uma cidade pacata, com pessoas que tinham o hábito de conversar na rua com os vizinhos. “Hoje está todo mundo assustado. Quem pode está sem mudando, porque a situação chegou em um nível insustentável”, reclamou o pastor da Igreja Batista.

Um grupo também participou do ato cobrando ao governo do estado a contratação de 4 mil policiais aprovadas. Com informações do O Globo

Fonte: Gospel Prime

Categoria: Notícias em Destaque

Categoria: Notícias

Categoria: Missões

Topo