See other templatesConheça a loja do crete!

Agenda de Eventos

Resultado de imagem para kim jong un

Kim Jong-um deve fazer um novo teste nuclear nos próximos dias

 

Enquanto uma armada de navios norte-americanos se deslocam para a Coreia do Norte a mando do presidente Trump, o governo de Kim Jong-un coloca  o mundo inteiro em alerta.

 Agências internacionais de notícias foram avisadas que se preparassem para um ” evento grande e importante”. A expectativa é que os norte-coreanos realizem um novo teste nuclear nos próximos dias.

Cerca de 200 jornalistas estrangeiros eu estão na capital Pyongyang  para cobrir as comemorações do  aniversário de nascimento de fundador, Kim Il Sung, ele faria 105 anis em 15 de abril. Este é o maior dia festivo da Coréia do Norte, chamado  de “Dia do Sol”.

O governo comunista do ditador Kim Jong-um, neto de Sung, parece ter desejado aproveitar toda essa atenção para anunciar que nesta quinta-feira algo irá acontecer no país.  Os funcionários do governo não deram nenhum indicação quanto do que se trata nem de onde ele ocorreria.

 

Teme-se que seja uma provocação a Trump, que anunciou hoje pela manhã: “Temos submarinos muito poderosos, muito mais poderosos do que qualquer porta-aviões. Isso é o que eu posso dizer”, enfatizando que o líder norte-coreano está “fazendo a coisa errada”.

“Estamos enviando uma armada. Muito poderosa”, afirmou o presidente americano, deixando claro que já advertiu os norte-coreanos sobre as “provocações” das últimas semanas, quando foram realizados testes de lançamento de mísseis balísticos.

O recente ataque aéreo dos Estados Unidos na Síria foi interpretado por analistas do mundo todo como uma mensagem a Pyongyang de que os americanos estão preocupados com regimes ditatoriais. Com informações Time

Fonte: Gospel Prime

Categoria: Notícias em Destaque

  • Rabino avisa judeus para voltarem a Israel: “A Europa está perdida”

    Levantamento no Reino Unido mostra número recorde de casos de antissemitismo 

    Os recentes atentados de terroristas muçulmanos na Europa geraram um clima de apreensão em seus cidadãos. Embora somente o de Barcelona tenha sido amplamente noticiado, ocorreram outros atos similares na Alemanha e na Finlândia na mesma semana.

    O rabino-chefe de Barcelona, Meir Bar-Hen declarou publicamente que as autoridades europeias não estão “reagindo adequadamente ao problema”. Ele alertou a comunidade judaica para os perigos do islamismo radical e disse que está estimulando os judeus a voltarem para Israel.

    “Não pensem que devemos ficar aqui para sempre. Encorajo você a comprar imóveis em Israel… Não repitam o erro dos judeus argelinos e dos judeus venezuelanos. É melhor ir logo, antes que seja tarde demais. A Europa está perdida”, concluiu o rabino.

    Ele acredita que as autoridades estão relutantes em enfrentar ativamente o terrorismo islâmico. Ao assumir a responsabilidade pelo atentado em Barcelona, o Estado Islâmico fez questão de frisar que o ataque era contra “cruzados [cristãos] e judeus”.

    Antissemitismo cresce no continente

    As palavras de Bar-Hen ecoam um sentimento crescente em várias partes da Europa.

    Uma pesquisa encomendada pela Campanha Contra o Antissemitismo, movimento judaico no Reino Unido, realizou entrevistas com mais de 10 mil judeus britânicos. Mais de um terço deles (37%) pensa em mudar para Israel por causa da perseguição religiosa.

    O relatório, publicado semana passada, reúne dados desde 2015. A comunidade judaica do Reino Unido registrou 767 ataques antissemitas no primeiro semestre de 2017 – a maior média mensal já registrada desde que esse monitoramento começou, em 1984. No ano passado foram 1.309 incidentes, número 36% maior em relação à contagem de 2015.

    Ao mesmo tempo, o doutor Efraim Zuroff, especializado no monitoramento de movimentos antissemitas, disse que as recentes demonstrações de ódio contra judeus nos Estados Unidos são pequenas se comparadas com o que acontece em países como Estônia, Letônia e Lituânia.

    Por lá, segundo ele, as marchas públicas exigindo que os judeus vão embora são bastante comuns, mas não recebem a mesma atenção da mídia.

    Fonte: Gospel Prime

    A imagem pode conter: texto

     
  • Ninguém é dono de Deus; Deus é que é dono de todo mundo”, diz Garotinho

    Resultado de imagem para Anthony Garotinho radio tupi

    A Polêmica do Padre Fábio de Melo pregando em Igreja Evangélica

    Leia mais...
     
  • Deputados evangélicos repudiam voto do Brasil contra Israel

     

    Resultado de imagem para bancada evangélica 2016

    Encontro na embaixada serviu para demonstrar apoio de parlamentares ao Estado Judeu

    Leia mais...

Categoria: Notícias

Categoria: Missões

Topo