Menos Estrelas e mais Discípulos

Por: Leonardo Souza

A poucos dias foi amplamente divulgado o comentário feito por uma das integrantes da dupla sertaneja Simone e Simaria, sobre o fato da artista haver pensado em seguir “Carreira Gospel”. Um comentário que para muitos foi motivo de euforia, terminou me gerando uma grande preocupação, não pela intensão da artista, mas pela forma como este assunto é tratado e abordado pelo meio evangélico de maneira geral, e a maneira como o meio evangélico tem sido visto pela sociedade.

Não existe uma preocupação em conversão, ou em salvação, mas sim pela opção de termos mais um artista Gospel nos púlpitos das Igrejas, púlpitos que infelizmente tem se tornado em muitos dos casos palcos para espetáculos Gospel, ao invés de um local exclusivo de adoração, louvor e ensino da Palavra de Deus. Este tipo de posicionamento de muitos cantores do meio secular, reflete o atual posicionamento de muitos cantores de música Gospel que ao invés de se preocuparem em ser adoradores, têm se posicionado como “Estrelas do Gospel” e com isso ao invés de crentes, terminam passando apenas a imagem de artistas do meio Gospel, onde as músicas deixam de ser um Louvor a Deus e passam a ser apenas um produto à ser comercializado nas Igrejas, onde o objetivo maior não é a edificação e conversão de vidas, mas sim a fama e o lucro. Jesus Cristo nos deixa uma determinação em Mateus 28:19, e lamentavelmente vemos pessoas se preocupando em conquistar fãs ao invés de discípulos, e dinheiro ao invés de almas para o Reino de Deus.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; (Mateus 28:19)

Top

O objetivo deste artigo não é exclusivamente a crítica a cantores do meio Gospel, até por que, se hoje temos artistas gospel, é porque nós mesmos enquanto crentes, temos idolatrado cantores e pregadores ao invés de manter todo o nosso foco e adoração em quem de fato é digno de ser honrado e exaltado. Já perceberam o impacto causado no meio evangélico quando estrelas do gospel retornam para o meio secular? Pessoas sem base bíblica, que jamais se converteram a Cristo, mas que durante meses e até anos estiveram em cima dos púlpitos das Igrejas, lotando templos e arrecadando milhões com venda de CD, DVD e todo o tipo bugigangas gospel nas portas dos templos. Recentemente foi publicada no Site Gospel Prime, uma matéria onde a Funkeira Perla se dizia arrependida de ter seguido a carreira Gospel em sua vida. Motivo de espanto?? Não. Motivo de vergonha para todos os pastores que se permitiram dar a oportunidade para uma ímpia estar fazendo o seu Show dentro da Igreja. Uma pessoa que tem a coragem de fazer publicamente um comentário desses, certamente nunca se converteu. E o que é mais triste, significa que esta jovem esteve nos púlpitos de várias Igrejas e não conseguiu encontrar Jesus Cristo em nenhum dos cultos de que participou. E todos esses que apoiaram este espetáculo, na verdade estão como cegos espirituais que não conseguem separar o santo do profano, e levaram para as suas igrejas alguém completamente vazio de Deus para alimentar suas ovelhas. Quem realmente se rendeu a Cristo, fala primeiro em salvação e não em carreira!! Quem realmente quer ser salvo, se preocupa primeiro com arrependimento e humilhação e não com status e posição de destaque.

Meus irmãos, sejamos cuidadosos com a nossa postura e procuremos viver o verdadeiro Evangelho de Cristo que fala sobre arrependimento e salvação, e vamos seguir o que a Palavra de Deus nos ensina, e não o que artistas que se dizem evangélicos acham. Olhemos sempre para Jesus o autor e consumador da nossa fé, pois Ele sim é a resplandecente Estrela da manhã e jamais nos decepcionará!!

Sobre o Autor

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *