Evangélica baleada na cabeça começa a apresentar melhoras

Marido contou que Michelle Ramos mexeu a mão. Médicos confirmam, mas estado ainda é grave

O estado de saúde de Michelle Ramos da Silva, de 33 anos, ainda é grave. Mas ela começa a apresentar sinais de recuperação, após ser baleada na cabeça, quando passava por Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no último sábado. A informação foi confirmada pelo marido dela, Wallace Araújo, na porta do Hospital Geral de Nova Iguaçu.

– Eu segurei a mão dela e falei apenas a seguinte frase: fica boa, pra você ver o nosso filho. Na hora que falei isso ela mexeu a mão e eu pedi pra ficar calma, porque ela precisa estar calma agora por conta dele – revelou ele, em entrevista à TV Globo, nesta segunda-feira (15).

No último boletim divulgado pela unidade de saúde, o quadro de Michelle evoluiu de maneira efetiva, mas ainda inspira muitos cuidados. Os médicos começaram a reduzir a sedação. O diretor do hospital, Joé Sestello, detalhou a situação atual da paciente.

Top

– A expectativa, a cada minuto é sempre uma angústia nossa de observar melhora ou piora. Nesse momento, nós encontramos uma melhora, nessa manhã, graças a Deus, encontramos uma melhora; porque logo que ocorreu a lesão foi operada, se fez uma sedação, a equipe médica colocou ela sedada e quando você vem diminuindo a sedação, ela apresentou sinais de mexer membro e abertura ocular. Isso pra gente já é um sinal de melhora, pela lesão grave que ela teve no crânio – explicou.

Quando foi baleada, Michelle estava grávida de oito meses e precisou ainda ser submetida a uma cesariana de emergência. A criança também luta pela vida, já que nasceu prematura, em uma maternidade da região. O pequeno Antônio respira com ajuda de aparelhos e faz uso de medicamento para auxiliar no batimento cardíaco.

O casal sofreu uma tentativa de assalto, no sábado, quando estava em um carro, em Belford Roxo. Um dos bandidos acabou atirando contra eles e atingiu Michelle na cabeça. Os criminosos fugiram sem levar nada. Mesmo depois de todo o ocorrido, Wallace mantém a fé que a mulher e o filho voltarão com vida para casa.

– Eu acredito que ela é muito forte e vai sair dessa. Ela vai sair dessa, eu creio nisso, e ele também. E será ela quem vai falar com vocês. O meu pensamento é esse, de ela falar com vocês, explicar a situação, ela falar: agora eu estou bem – confia.

Fonte: Pleno News

Sobre o Autor

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *