Trump é criticado por fazer orações na Casa Branca

Presidente disse que repórteres precisavam “mais” das orações que ele

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump sabidamente ora todas as semanas em reuniões com vários pastores e eventualmente com o vice, Mike Pence. Contudo, nesta quarta-feira (20) antes de anunciar sua primeira grande conquista legislativa, pediu que Ben Carson, secretário de Habitação e Desenvolvimento Urbano, fizesse uma oração de agradecimento.

Fiel ao seu estilo, Trump convidou os repórteres presentes para participarem do momento de agradecimento a Deus, dizendo que eles precisavam de orações. “Talvez com uma boa e sólida oração eles serão mais honestos”, brincou Trump.

O gigantesco corte de impostos aprovado pelo Senado americano promete dar um novo ânimo à economia norte-americana, gerando mais empregos a médio prazo.

 Durante as primárias da campanha presidencial, quando ambos disputavam a indicação do Partido Republicano, Trump disse que não sabia muito sobre a fé de Carson, que é adventista. Mas isso foi superado, e por isso ele fez questão de dizer que liderasse seu gabinete em oração. Vários de seus ministros estavam presentes e baixaram as cabeças e muitos disseram “amém” no final.
Top

Carson agradeceu a Deus pela “coragem” do presidente. Clamou pelo “crescimento da economia” e também para que os americanos “reconheçam que as nações divididas contra si mesmas não resistirão”. Finalizou pedindo: “Neste tempo de discórdia, desconfiança e desonestidade, pedimos que o Senhor nos dê um espírito de gratidão, compaixão e bom senso. Dê-nos a sabedoria para poder guiar esta grande nação e nosso futuro. Pedimos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

 Como era esperado, Trump está sendo criticado pela manifestação religiosa dentro da sede do governo, uma vez que o estado deveria preservar os princípios da laicidade. A disputa entre o presidente e muitas empresas de comunicação é conhecida, com ele classificando essas mídias de “Fake News” com regularidade. Por sua vez, alguns dos repórteres presentes parecem não ter gostado da insinuação de que eles precisavam de orações para serem mais honestos. Com informações Daily MailAssista:

Sobre o Autor

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *