Disney quer convencer as crianças a seguirem a agenda gay, alerta pastor

Franklin Graham alertou que a Disney deixou de ser uma produtora de desenhos e séries para a família

O evangelista Franklin Graham está advertindo os pais para “estarem atentos” sobre programação do canal ‘Disney Channel’, que está buscando influenciar as crianças a aceitarem e adotarem o estilo de vida “destrutivo” do movimento LGBTQ.

Em um post de sábado no Facebook, Graham escreveu: “A Disney costumava ser uma marca na qual os pais podiam confiar. Eles eram como o ‘selo de ouro’ da programação familiar. Mas esses dias já se foram”, declarou Graham.

O pastor – que é filho do renomado evangelista Billy Graham – afirmou que a Disney está “no campo LGBTQ e está querendo usar os chamados ‘programas familiares’ para influenciar as crianças e jovens de hoje a que aceitarem e fazerem parte do estilo de vida LGBTQ destrutivo”.

Graham citou como exemplo de seu alerta, o programa “Andi Mack”, uma das séries mais populares da Disney, fazendo grande sucesso entre as crianças e adolescentes de 6 a 14 anos, que recentemente introduziu um enredo com um personagem gay.

Top

“Pais, estejam atentos”, Graham postou no Twitter. “Vocês podem controlar isso em sua casa. Vocês também podem considerar a possibilidade de bloquear o Disney Channel”.

Antes da introdução do enredo com o personagem gay, o Disney Channel disse em um comunicado: “Andi Mack é uma história sobre adolescentes descobrindo quem são”.

A Disney afirmou que o criador de “Andi Mack”, Terri Minsky, o elenco e todos os envolvidos no programa “têm grande cuidado em garantir que seja apropriado para todos os públicos e envia uma ‘poderosa mensagem sobre inclusão e respeito pela humanidade”.

A Walt Disney Co. disse: “A Disney continua empenhada em continuar a criar personagens acessíveis e confiáveis para todas as crianças”.

De acordo com o jornal ‘Huffington Post’, especialistas em desenvolvimento infantil foram consultados durante a criação do enredo.

Os espectadores vão ver Cyrus confessar a uma amiga que ele está apaixonado por outro colega de sua escola, antes de “experimentar um momento de auto-descoberta”, quando ele decide como contar isso à sua namorada.

Representantes de organizações LGBTQ como a ‘GLAAD’ e ‘PFLAG’ foram convidados pelo Disney Channel para uma exibição do primeiro episódio no enredo, antes de sua estréia.

Top

Com relação ao convite feito pelo Disney Channel, a presidente e CEO da ‘GLAAD’, Sarah Kate Ellis, disse: “Com mais e mais jovens que se assumem como LGBTQ, ‘Andi Mack’ está refletindo a vida e as experiências de tantos jovens LGBTQ em todo o país”.

“A televisão reflete o mundo da vida real e hoje inclui jovens LGBTQ que merecem ver suas vidas retratadas em seus programas favoritos”, acrescentou Ellis. “A Disney tem sido líder na inclusão LGBTQ e há tantos jovens que ficarão felizes em ver a história de Cyrus”.

O site ‘Deadline’ informou que “Andi Mack” é a principal série dos canais Disney Channel (USA), Disney Channel (UK) e da plataforma DisneyNOW.

Fonte: CPAD News

Sobre o Autor

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *